sábado, 20 de junho de 2009

Leite Creme para a Quadrilha Gastronómica



A Quadrilha Gastronómica na blogosfera é um desafio lançado pela Ana, do blog Eu Mulher, que consiste em fazer uma receita típica do período junino, que aqui será o equivalente aos "santos populares" - Sto. António, S. João e S. Pedro.

Na cidade onde eu moro, o santo que se comemora é o S. Pedro, no dia 29 deste mês. Ou seja, no próximo fim-de-semana vai haver por aqui festança, porque as festas duram 5 dias!
(Esta informação só vale para as portuguesas: imaginem que vêm cá actuar o Toy, a Mónica Sintra e a Rute Marlene..... :):) sem comentários... não, não resisto a fazer um comentário: escolhidos a dedo!!).

Bem, adiante...

Como já foi dito por mim e por outras pessoas, ao contrário do Brasil, onde há um montão de comidinhas típicas desta época, aqui em Portugal praticamente só há um prato típico das festas dos santos populares: sardinha assada com pimentos assados!!


Como tal, resolvi fazer este doce muito simples, mas que é bastante típico da culinária lusa, e que penso que é conhecido de norte a sul do país (e provavelmente nas ilhas...)

Então, cá vai:


Ingredientes:

1 litro de leite

150 g de açúcar

60 g de farinha (pode ser Maizena ou não)

3 ou 4 gemas

casca de limão

1 pau de canela





Coloca-se o leite ao lume com a(s) casquinha(s) de limão e o pau de canela. Como gosto bastante do sabor do limão, pus 5 tirinhas de casca. Claro que isso fica ao gosto de cada um.

Numa tijela, mistura-se bem o açúcar com a farinha.

Quando o leite está quase a levantar fervura, começa-se a adicionar aos poucos colheres dessa mistura, mexendo sempre, para não ganhar grumos.

Deixa-se ferver durante alguns minutos (4 ou 5), mexendo sempre, até adquirir uma consistência cremosa.

À parte, batem-se as gemas* com um garfo. Junta-se então algumas colheres daquele creme às gemas, mexe-se bem, e volta a misturar-se lentamente ao creme. Nesta altura pode desligar-se o lume, mexendo de novo.

Se quiser, antes de colocar no recipiente onde vai servir, pode retirar o pau de canela e as cascas do limão. Eu costumo manter, porque como já disse antes, gosto depois de "encontrar" os bocadinhos de casca, porque o creme que está junto delas fica delicioso (sou fã de limão, pronto!). Mas não sou tão fã a ponto de comer a casca, portanto depois tenho que a tirar "discretamente"; por isso, se tiver visitas, pensando bem, o melhor é tirar o limão, para evitar situações embaraçosas... :):)

Voltando ao que interessa, com ou sem as casquinhas e o pau de canela, agora é só colocar numa taça ou travessa grande, ou em taças ou pratinhos individuais, como preferir.





Agora, um aspecto muito importante: tradicionalmente, o leite creme serve-se com uma camada de açúcar por cima, que se "queima" com um ferro próprio para o efeito, para ficar caramelizado. Agora já há uns eléctricos, acho que são muito práticos, mas ainda não tenho. Como tal, costumo polvilhar com canela, e fica também muito bom. Na minha opinião, fica bem das duas maneiras. Gosto muito com o açúcar caramelizado, mas como também adoro canela, tanto faz!

Deve deixar-se arrefecer bem no frigorífico, especialmente nestes dias que correm, em que estamos com 36/37 graus! Valha-nos o São Pedro!!

Em relação à quantidade de gemas, há receitas para todos os gostos: por incrível que pareça, vi uma receita que pedia 18 gemas!!! Mas desde as 2 até às 18, passando por 12, vê-se de tudo!

Eu, como tenho o colesterol nas alturas, decidi usar apenas 3 gemas, mas se quiser que fique mais amarelinho, pode usar mais. Na minha opinião, nunca mais de 6, acho um exagero! A não ser que se aumentem os outros ingredientes, claro.


Como se pode ver pela taça do lado direito, gosto mesmo muito de canela!! :)

Bom apetite!!


Agora, um recadinho para a Gina, do NACOZINHA.

Aliás, em vez do recadinho vai a história: há pouco tempo a Gina publicou no seu blog umas belas fotos de MINGAU. Não colocou a receita, pq pelos vistos no Brasil toda a gente sabe como se faz :)

Entretanto, ouve umas (queridas) meninas portuguesas (umas boateiras... eheheh) que disseram que era a mesma coisa que o nosso leite creme. Mas não é! Depois de "checar" os ingredientes, e de ter trocado e-mails com a Gina, chegámos à conclusão de que não era a mesma coisa, pq o mingau é uma papa (que aliás os bebés adoram...), e o leite creme é uma sobremesa.

Mas o mais engraçado é que agora a Gina, pelo aspecto deste, e como tinha canela, pensou que era mingau... ou seja, afinal não é que são mesmo parecidos? :)

10 comentários:

Abelha Maia disse...

Parabens pela tua participação, aqui para os meus lados, tb é o S.Pedro que se festeja.
Gostei muito da tua explicação.
Espero que estejas melhor.
bjs

Gina disse...

Pois então, você me pegou direitinho!
O aspecto do leite creme é igual ao do mingau, inclusive com a canela.
Pra quem não sabe, mingau não leva ovos nem limão e, geralmente, é servido quentinho.
Essa foi boa!
Bjs.

Anakoelho disse...

Q. delícia!
Faço um mto semelhante só q. é com maisena e leite condensado.Esse tipo de sobremesa agrada mto.
Gostei de seu blog,parabéns.
Ótimo f.d semana.


Ana.

ameixa seca disse...

É o meu docinho favorito e no Invernmo costumo fazer à noite antes de ir para a cama. Como quentinho e é uma maravilha. Também ponho bastante canela. Do jeito que isso vai acho que te caem os dentes antes de segunda-feira he he

Isabel disse...

Que saudades de leite creme! Já não como há muito tempo. Ficou lindo! Gostei da explicação sobre o mingau. Tu sabes que eu sou especialista em "assuntos brasileiros" mas nesse não consegui ajudar. Não fazia mesmo a menor ideia do que era mingau!!!
Bjs

Isabelocas disse...

Excelente participação, não conheço ninguém que não goste de leite creme, ficou bem cremoso.
Bjs

Eu Mulher disse...

Olá querida!

Que maravilha esse leite creme! Nunca experimentei, deve ser uma delícia com canela.

Obrigada por sua maravilhosa participação! Já postei lá no Eu Mulher.

Bjus

Claudia disse...

Claudia,

Minha avó fazia leite creme para mim, com maizena, eu amava. Ainda adoro! E o teu está uma beleza.

Aqui está um frio muito chato e uma chuva que vai e vem e não deixa o sol voltar. Tem feito entre 5C e 8C mas parece que amanhã o tempo volta a abrir e prometeram algo entre 14C e 17C. Um inferno a Noruega esse ano, o pior verão que eu já vi, desde que mudamos para cá.

Bj,

C.

Cláudia M. disse...

Abelhinha, felizmente estou melhor, mas tenho que ter cuidado com os doces... :)

Gina, foi mesmo mto engraçado! Mas sabe que qdo o leite creme é feito com + gemas e com o tal açúcar caramelizado, fica totalmente diferente.

Olá Ana. Tb vi há pouco tempo uma receita com leite condensado (que eu adoro...) mas essa versão ainda não experimentei. Deve ser mto bom!

Ameixinha, palavras sábias! Nem tu sonhas! A Cenourita vai lá de passagem, mas eu fico internada!

Pois é, sister, eu bem que tentei recorrer à tua "bagagem", mas desta vez "danou-se"...
o leite creme é de chorar por mais!

Isabelocas, tb não conheço ninguém que não goste! é mesmo bom :)

Ana, obrigada. Pelo menos sempre dá para vcs aí conhecerem mais um docinho muito famoso aqui por estes lados.

Cláudia, com maizena fica mto bom, e mais amarelinho, mas na altura não tinha.
Olha, que pena que está tanto frio por aí. Espero que isso melhore em breve. Aqui estou a passar um mau bocado com tanto calor, para mim o ideal é uns 26, 27 graus no máximo...
bjs

Heloísa disse...

Cláudia,
Conforme fui lendo a receita, fui pensando: puxa, esse é o nosso mingau. Quando éramos crianças, minha mãe sempre nos fazia, como lanche, e chamava de mingau com gemas. A diferença que vejo entre o leite-creme e o mingau de gemas, é que o leite creme leva, por cima, o açúcar caramelado (com maçarico). Mas como você disse que pode ser comido só com canela polvilhada, não existe diferença com o meu mingau.
O mingau a que a Gina se referiu também é chamado de mingau, mas sem gemas. Não era o nosso preferido.
beijos