segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Caril de Frango com Cardamomo




No Sábado passado, a minha filha quis convidar a tia para ir lá a casa jantar e dormir (esta, para ela, era a parte mais divertida - tipo festa de pijama...). E assim foi.

O jantar foi escolhido em função de um ingrediente: o CARDAMOMO. Sim, porque a amigona Ameixinha teve a grande gentileza de me enviar umas sementes do dito, já que eu tinha ficado com água na boca para provar essa especiaria que não conhecia.



Além do cardamomo, a Carolina ainda teve direito a uma forminha/ molde para ovos estrelados ou crepes. Vou experimentá-lo hoje ao jantar.

Mais uma vez, obrigada, Ameixinha, és um amor. Foi tão bom receber a encomenda, tão emocionante, é uma sensação óptima. Adorámos, Amiga!



Então, a receita escolhida foi Caril de Frango.




A receita original foi tirada do blog "receitasonline", mas como o objectivo era apreciar bem o sabor do cardamomo, e como esta receita leva IMENSOS ingredientes, resolvemos simplificar, com receio que o sabor do cardamomo se perdesse no meio de tantos sabores diferentes.

Vou começar pelo fim, ou seja, pelo que excluímos: presunto, maçã reineta, tomilho, canela, pimenta e manteiga (substituí por azeite).

Então, fizemos assim:

Ingredientes: 1 frango, 1 cebola, 2 dentes de alho, 200 gr de tomate, azeite (a olhómetro), 1 colher (sopa) de caril, 1 dl de natas, 4 dl de leite de coco, meio limão, 1 folha de louro, uma pitada de noz-moscada, outra de açafrão, sal e sementes de cardamomo (7 vagens).


( publicidade não paga... )

(o cardamomo no almofariz)

Pica-se a cebola e aloura-se no azeite. Junta-se o frango, cortado em pedaços. Polvilha-se com o cardamomo, a noz-moscada, os dentes de alho esmagados, o louro, o açafrão e o caril.

Mistura-se tudo e junta-se o tomate pelado e esmagado. Tempera-se com (pouco) sal.

Rega-se com o leite de coco e deixa-se cozer durante 40 minutos, em lume médio.

Aos 35 minutos de cozedura, adiciona-se um pouco de sumo de limão e as natas.

Envolve-se bem, e depois é só apreciar este belo petisco. Acompanhámos com arroz branco.

Et voilà:


NOTAS: Adorámos o sabor do cardamomo. É tão agradável, tão perfumado, tão... maravilhoso!

Na próxima oportunidade vou usá-lo num bolo, espero que o resultado seja tão satisfatório quanto este.

Li uma frase muito bonita sobre as especiarias: «Devem usar-se como quem usa um perfume, na ocasião e na quantidade certa, subtilmente...»

10 comentários:

Isabel disse...

Estava mesmo delicioso! O cardamomo é super aromático,adorei.

ameixa seca disse...

:)
Ainda bem que as três "gajas" gostaram he he
Eu ainda não usei o cardamomo em salgados e também desconheço o sabor do leite de coco. Tenho que colmatar esta falha... Faz muito bom proveito de tudo. Foi pouco mas foi com todo o carinho que tenho pelas três :)

Noémia disse...

É mesmo bom receber presentes, não é?
O prato tem aspecto de ter ficado muito bom!
Concordo plenamente com a frase das especiarias, capta perfeitamente o espírito e subtileza das mesmas!

Inside me disse...

Cuidado com os ingredientes que a Ameixinha usa.....podem ser afrodisiacos...hehehe

Que engraçado...o cardamomo é também referido como antídoto para veneno de algumas cobras e escorpiões.

por isso não se preocupem estão imunes....hehehe

Humm tenho que ter cuidado....pela boca morre o peixe...

Marcia disse...

Claudia, deve ter ficado ótimo. As modificações feitas, criaram um novo prato. Voltei das férias, obrigada pelas visitas.
Também gosto da frase. Realmente, usar muita quantidade de especiarias nas comidas é como usar perfume demais na pele.

Heloísa disse...

Claudia,
Esse prato deve ser uma delícia. Nunca usei cardamono, mas vou ver se encontro por aqui.
Adorei tê-la como "seguidora". Só não sei se adicionei corretamente nos meus blogs.
Beijos

Cláudia M. disse...

Quem ainda não experimentou o cardamomo, aconselho a que o faça. Tem mesmo um sabor e perfume especiais (até o almofariz ficou perfumado...)

Qto ao facto de ser antídoto, isso não sei... mas os (muitos) escorpiões e escorpionas que conheço não têm veneno nenhum, bem pelo contrário...

Bjs para todos, e provem o cardamomo. Depois digam alguma coisa.

Cenourita disse...

Pois eu tb pertenço ao clube de quem não conhece nem nunca provou o cardamomo. Já o vi por inumeras receitas aqui na blogoesfera mas ainda não me decidi e experimentar. Quanto a escorpiões e escorpionas eheheh, a ameixinha é classifica-se naquela parte das inofensivas ;) é uma querida!

beijocas pa todas***

Inside me disse...

A questão do veneno foi mal interpretada ... acho que expliquei-me mal ...não foi essa a minha intenção..

até porque acho os escorpiões/onas divertidos, sensiveis e com brincadeiras picantes ... daqui o antidoto...

E de facto a ameixinha pelo que já tinha lido no seu (dela) blog é mesmo uma querida ... bem divertida.

alguem sabe onde se vende o cardamomo ? Pelo que me pareceu nas fotos, não é um vulgar gengibre.
Obrigado...e desculpem qualquer picadinha..

Cláudia M. disse...

Caro "inside", ninguém se zangou por causa do veneno... isto aqui é tudo boa gente! Claro que os escorpiões têm "má fama", mas por acaso conheço muitos, e 95% são bem fixes, nada venenosos!
Qto ao cardamomo, penso que se vende numa loja que há em Sacavém. Brevemente vou lá e depois dou novidades.

Bjs para todos.