quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Sem comentários...


7 comentários:

Isabel disse...

Tão fofa. E acertou, ela tinha muito cabelo quando nasceu!

ameixa seca disse...

Sabes... ela vai sempre estar dentro de ti :) É tua, assim como tu és dela. E isso é tão significativo e lindo que não precisa de palavras nem de gestos. Basta um grande abraço apertadinho ;)
Eu também nasci com muito cabelo e a 1ª coisa que a minha mãe me fez ao chegar a casa foi dar-me umas valentes tesouradas he he

Kláudinha disse...

que lindo!!!!
ouvi dizer uma frase num filme... uma mãe sentia-se muito infeliz e "feia" e triste.... alguém lhe disse: "vês o teu filho? não é lindo? ele passou por ti... achas que tanta beleza podia passar por ti se não fosses bela??"
eles marcam-nos para sempre.... e são tão lindos :) bjinhos

Cláudia M. disse...

Tia e madrinha, se há alguém que a conhece bem és tu. E ela adora-te, como bem sabes. "Amo-te, tiazinha": é bom ouvir isso, não é?

Ameixa, lindas palavras as tuas. Eu resolvi não dizer nada, pq se começasse, nunca mais acabava... um dia destes vou escrever sobre a minha amadinha, mas provavelmente vai ser um post "muita" grande!
Essa das tesouradas logo à nascença foi o máximo, aposto que te fortaleceu o cabelo, não? Bjs

Kláudinha, tens toda a razão. Os filhos transformam-nos; a partir do momento em que temos um serzinho totalmente dependente de nós, tudo muda. E é muito bom. Bjs para o piratinha e para ti.

ameixa seca disse...

:) Fortaleceu-me tanto o cabelo que passei a vida toda com ele preso num rabo de cavalo. E quando cheguei aos 13 anos rapei-o (pente 1) e fiquei assim até aos 18, altura em que entrei na faculdade e achei que para passar despercebida era melhor deixá-lo crescer outra vez he he
Agora entendes como fui parar ao ramo da psicologia, né?
:)

Cláudia M. disse...

Ok, ok, está tudo explicado!!!
(Tou a brincar...)
Mas que radical, nunca imaginaria tal coisa! Eu o que fiz de mais parecido foi cortar o cabelo mto curtinho, e deixar uma trancnha atrás. Os meus pais não acharam graça nenhuma...
Bjs

Cláudia M. disse...

Queria dizer trancinha...