domingo, 19 de outubro de 2008

Bolo de Amêndoa com Doce de Gila



Há duas semanas atrás, quando fiz o Bolo de Nozes, a simpática "justme" do blog All the World is my Home, falou-me de um bolo que fazia, com amêndoa e gila. Fiquei logo "de orelhas arrebitadas", como costumam ficar os gatos, de que ela também tanto gosta.

Muito gentilmente, a justme publicou a receita no seu blog, como podem ver aqui.

Ela chama-lhe Bolo Real, e com toda a razão: este bolo é mesmo digno de reis, sem dúvida!

Ontem decidi-me a fazê-lo, e posso dizer que é dos bolos mais deliciosos que já provei. Fica com um sabor divinal, e uma textura óptima, húmido e macio. Uma delícia!

Como sempre, fiz umas pequenas alterações, mas desta vez foram mesmo poucas. Já agora, quero esclarecer que não faço as alterações por achar que vou fazer melhor do que a receita de origem: o primeiro motivo é que, por vezes, não tenho todos os ingredientes, e o segundo, devo confessar, é mesmo uma mania minha, de alterar um ou outro detalhe.

Então, leva os seguintes

Ingredientes:

6 ovos

200 g açúcar (usei 150 g açúcar amarelo + 50 g açúcar branco)

250 g de amêndoa ralada (usei 150 g sem pele + 100 g com pele)

250 g doce de gila

1 colher (de café) de canela

raspa de 1 limão (não usei)


Faz-se assim:
Bate-se o açúcar com os ovos inteiros até ficarem espumosos. Em seguida, deita-se o doce de gila, o miolo de amêndoa, e a raspa de limão (não usei a raspa de limão, porque, incrivelmente, não tinha nenhum em casa, o que até é raro, já que gosto mto de limão). Acrescentei 2 colheres de sopa de farinha para dar mais consistência, porque a maior porção das minhas amêndoas era sem pele. No final, uma colher de canela.

Bate-se muito bem e vai ao forno (180º) cerca de 40/45 minutos, em forma muito bem untada. Este pormenor é mto importante, e o ideal até será usar papel vegetal, porque, devido à textura do bolo, tem tendência para agarrar um pouco no fundo.
Por esse mesmo motivo, deve deixar-se arrefecer muito bem antes de desenformar.

Fica pura e simplesmente delicioso. Quando repetir, só vou cortar um pouco no açúcar, já que o doce de gila também já tem bastante açúcar.




Decorei com doce de gila e açúcar em pó.






Nota: em relação ao açúcar, pode usar-se branco ou amarelo, dependendo do gosto da pessoa. Com açúcar amarelo fica mais molhadinho, mas também mais "frágil" ao desenformar.


10 comentários:

justme disse...

O meu marido adora,eu também faço sempre alteraçõesàs receitas e, normalmente, pelo mesmo motivo que tu: meto na cabeça que vou fazer qualquer coisa e depois falta-me um ou outro ingrediente ou então não chega o que tenho.Ainda bem que gostaste.Boa semana!Bjs.

Cláudia M. disse...

Adorei mesmo, ainda por cima gosto bastante de gila. Mais uma vez, obrigada pela receita.
Beijinhos.

Isabel disse...

Deve ser delicioso, humm!

Cláudia disse...

Cláudia, que delícia este bolo, adoro bolos molhadinhos e o sabor...receita anotada!

bjs amiga! estou atribulada,mas logo te escreverei com mais calma.

abraços de além mar!

Cláudia M. disse...

É mesmo delicioso, manita. Desta vez ainda não provaste... mas vou repeti-lo, fica descansada! Bjs

Cláudia, espero que não haja nenhum problema. Qdo puder, dê mais notícias.
Um grande abraço.

ameixa seca disse...

Eu adoro gila... aiiii!!! Já ia uma fatia... aqui está um tempo horrível. Apetecia um chá e uma fatia desse bolinho :)

Cláudia M. disse...

Ameixinha, se eu pudesse mandava-te uma fatia... ficou mesmo bom! Olha, aqui de manhã esteve Primavera, mas agora está a mudar, está a chegar o Outono. É para não ser monótono...
Bjs

Nana disse...

Amiga, eu queria ser uma rainha para ganhar um pedacinho do seu bolo.
Eu tb coloco dedo nas receitas dos outros, pelos mesmos motivos, as vezes tem ou não tem na minha geladeira.
Bjs querida!

Cláudia M. disse...

Nana, aqui costumamos dizer "quem não tem cão caça com gato", é preciso é que no final dê tudo certo.
Bjs

Sonia Novaes disse...

Claudia

Venho agradecer a sua visita ao meu blog.
O seu blog também é linod,parabéns.
Fiquei curiosa,mao o que vem a ser "gila"?
Nunca ouvi falar nesse doce ou fruta?
Abraços e volte sempre ao meu blog...
Bjs