sexta-feira, 23 de maio de 2008

Estão mexendo no meu bolso!

É uma pena que haja pessoas com o cérebro ainda mais pequeno do que o deste bichinho (sem ofensa para ele, tadinho)



Como seria melhor se tivessem antes a sabedoria deste belo animal...




Hoje é dia de desancar...

Estou a começar a ficar um bocado farta que certas empresas me andem a meter a mão no bolso, isto para ser delicada... Aqui há tempos foram os queridos da EMEL, e logo nada mais nada menos do que 60€!!

Agora, são os "Transportes da Região de Lisboa": aqui há tempos o meu cartão "Lisboa Viva" deixou de funcionar, vá-se lá saber porquê. Parece que desmagnetizou, mas acontece que eu não tenho culpa nenhuma que isso tenha acontecido!! Dirigi-me a um posto de renovação de cartões e, qual o meu espanto, quando a menina me diz que tinha que pagar 7€ pela renovação do cartão ou 10€ se fosse com urgência! Isto porque já tinha passado o prazo de garantia do cartão!!??!! O que eles inventam para nos esmifrar! Quer dizer, o cartão está impecável, em óptimo estado, não está dobrado, danificado, nem nada do género, e agora passa para cá 7 euros!! Mas porquê, se EU NÃO ESTRAGUEI O CARTÃO!!!

Que bom que era se as coisas funcionassem como deve ser!

Hoje de manhã entrei no Centro Comercial Vasco da Gama, com o simples intuito de levantar dinheiro num Multibanco. Simples, julgava eu! Logo ali à entrada existem 3 máquinas. A 1ª dizia qualquer coisa como "dirija-se ao multibanco mais próximo"; a 2ª tinha uma fila já considerável; a 3ª não tinha ninguém, mas tb não tinha dinheiro! Será possível? Depois, nestas alturas, há sempre umas queridas que se lembram de ir pagar as contas todas, borrifando-se para quem esteja à espera para uma operação supostamente rápida. Resumindo: um tempão perdido, o que era evitável se os responsáveis (será que existe alguém responsável por alguma coisa por estas bandas?) pela manutenção das máquinas estivessem mais atentos. Não se admite uma situação destas, num local com tanto movimento. Por que é que complicam a vida das pessoas? Bem fazia a minha avó, que guardava o dinheiro debaixo do colchão, e não tinha que estar numa fila para o tirar de uma parede!!

6 comentários:

Isabel disse...

Eu gosto quando tu desancas. É a tua faceta de Mafalda - a contestatária, a vir ao de cima. E é tudo verdade.

ameixa seca disse...

Pois é. Olha eu também adoro desancar. Acho que faz bem à pele :-) Extravasar o que sentimos é uma bela terapia. Não fico a remoer nada. E essa das máquinas multibanco enerva-me. Pior é quando estamos à espera um tempão, a pessoa que está à nossa frente levanta dinheiro e quando chega a nossa vez a máquina diz que não tem dinheiro. Fico fula...
Desanca, desanca e depois... descansa :-)
Bom fim de semana

Nana disse...

Olá Claudia,

não me fala, hoje tudo é dinheiro!
Até para usar banheiro publico vai dinheiro.
Linda, coloquei a explicação.
Espero que entenda, sei que é uma carne de peixe aromatizada hehehe
coloca google imagens que vc vê a carinha dele.
bjs

Cláudia M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cláudia M. disse...

Maninha, tu já conheces a minha velha mania de escrever cartas de protesto... agora além das de papel, vão tb as virtuais.

Ameixinha, realmente desancar é do melhor que há! Pelo menos uma pessoa fica aliviada...

Nana, obrigada pela explicação, estamos sempre a aprender!

Beijos para todas.

Alcina disse...

Olá Claudia :-)
Gostei de chegar a casa e vêr o seu comentário no meu bloguinho, e mais engraçado ainda abrir o seu e ver esse bichinho de cerebro pequeno, porque andei hoje toda a tarde atrás de caracois e a fugir de um parecido, lá na minha quintinha biológica heheheh!!!!
Gostei de lêr as suas "desancas" porque realmente precisamos de desabafar, tal é o estado da nação...
Mas vamos blogando na net, lendo uns livrinhos, ouvindo boa musica, conhecendo gente simpática e comendo umas coisinhas boas para nos animar a alma.....
Bjinhos