segunda-feira, 19 de maio de 2008

Bolo de chocolate com cerejas

E não é que o bolo (sonhado a semana passada) ficou mesmo uma delícia?




As fotos foram tiradas com telemóvel, mas dá para ter uma ideia...
A receita foi tirada do belíssimo A Taste in Heaven (embora tenha feito umas ligeiras alterações...) e é a seguinte:
Para a massa:
4 ovos
1 chávena de leite
100g de manteiga, amolecida
2 colheres de açúcar*
2 chávenas de farinha de trigo
1 chávena de chocolate em pó
1 colher (sopa) de fermento em pó
*esta quantidade de açúcar pareceu-me muito pequena, por isso aumentei um pouco. Será 2 chávenas em vez de 2 colheres? Eu pus uma chávena.
Batem-se todos os ingredientes, excepto o fermento, no liquidificador (coloquei primeiro os líquidos e só depois os sólidos). Depois, acrescenta-se o fermento e mexe-se delicadamente. Coloca-se a massa numa forma untada e enfarinhada. Leva-se ao forno pré-aquecido a 180 graus, cerca de 35/40 minutos.
Para a cobertura:
Derreter em banho-maria 500g (eu usei só 250g, até porque o bolo fica pequeno) de chocolate meio-amargo picado com 3 colheres (sopa) de manteiga e 1 colher (sopa) de água. Espalhar a cobertura ainda quente sobre o bolo e deixar arrefecer antes de cortar.
A decoração foi a sugerida pela Carol (ver post anterior), ou seja, metades de cereja à volta e um morango no centro. Muito bom!!
Já há planos para um próximo: aumentar a dose de massa, para poder parti-lo ao meio e rechear com o creme de chocolate e mais cerejas. Dupla delícia!



5 comentários:

HERBERTO ANDRADE disse...

Confirmo que estava uma delícia, porque já era... Quando é que se faz o próximo? Fico à espera...

Hecaloand

ameixa seca disse...

Belo bolo e uma cara laroca :-)
Claúdia, em relação à Psicologia e Psiquiatria, existem algumas diferenças. Daí a referência à loucura. Não sei a qual especialidade vais recorrer e também não sei qual a gravidade e intensidade do que sentes. Mas antes de começares a fazer uma terapia à base de medicamentos convém ponderar muito bem. Normalmente as terapias psicológicas são suficientes. Caso escolhas a Psiquiatria aconselho a que faças terapia com um psicólogo também. Já se sabe que as finanças não ajudam em nada, mas às vezes os medicamentos não são solução e só servem para adormecer e esquecer. Quando acordas, está lá o problema de novo. Como tu dizes... crias a tua vida e tudo se vai resolver com força de vontade. A cura está em ti e vais conseguir. Qualquer coisa... estou por aqui.
Beijinho

Cláudia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Susana disse...

Olá Claudia,obrigado pelas onitas palavras.
UM beijinho

Nana disse...

Claúdia,

vc´s duas estão de parabéns, que bolo maravilhoso.
Espero que o sol esteja raiando na sua vida.
Depois do susto o alivio hehehe o meu esta começando a bilhar.
bjs