quarta-feira, 29 de abril de 2009

Dia Verde - Espargos com ovo e maionese

Finalmente chegou o tão esperado dia 29, em que Mary & Companhia vão mais uma vez colorir a blogosfera... :)

Aqui fica então o meu contributo para o Dia Verde.




Devo dizer que é com muito gosto que participo nesta iniciativa da Mary, que teve realmente uma óptima ideia ao criar estes dias da cor.


Desta vez decidi fazer uma entrada, dando assim uma folga aos doces...



Ingredientes:

500g de espargos

2 tirinhas de presunto

2 ovos cozidos
coentros picados

3 colheres de sopa de maionese

sal e pimenta

Fiz assim:

Cozi os espargos durante 12 minutos em água temperada com sal. De seguida mergulhei-os em água fresca, para não ficarem molengos.

Depois de escorrerem um pouco numa grelha, salteei-os durante cerca de 3 minutos em azeite, regados com vinagre balsâmico de Modena, que a minha irmã trouxe de Itália :)


Gente fina é outra coisa! (just kidding...)


Num prato, coloca-se a quantidade de espargos pretendida, e ata-se com uma tirinha de presunto.

Numa tijela coloca-se a maionese, metade de um ovo cozido cortado em pedacinhos muito pequenos e coentros picados a gosto.

Coloca-se esta maionese sobre os espargos, ou ao lado, ou onde lhe apetecer e achar que fique melhor!


Para finalizar, salpiquei tudo com pimenta branca em grão, levemente pisada no almofariz.

(Esta receita foi inspirada no livro "Legumes" da Impala, mas devo dizer que fiz bastantes alterações. Mas aqui ficam os créditos da decoração... )

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Folhado de arroz, cogumelos e ervilhas

Ora, finalmente, cá está ele!

Vou dedicar este post à amiga Abóbora Amarelinha, que está há uma semana para saber o que é "este bicho", cuja foto tem estado no blog sem se identificar...


Então, é isso mesmo que está no título: é um pastelão de arroz, cogumelos e ervilhas.

Faz-se assim:

Ingredientes: 2 rolos de massa folhada (aprox. 400 g)

1 + 1/2 chávenas de arroz

10 cogumelos

100 g de ervilhas

1 cebola

1 dl de azeite

fatias de pá de porco fumada (opcional)






Começa-se por cozer o arroz durante 12 minutos.

Cozem-se as ervilhas em água com sal, ou usam-se enlatadas, que foi o que eu fiz.

Pica-se a cebola e refoga-se no azeite. Juntam-se os cogumelos laminados e um pouco de pimenta e deixa-se estufar durante 15 minutos.

Já fora do lume junta-se às ervilhas, e mistura-se tudo com o arroz.

Coloca-se uma rodela de massa folhada num pirex, dispõe-se por cima o preparado anterior.


Aqui ainda está muito espalhado, mas convém juntá-lo mais para o meio, para ficar mais tipo torta. O meu não ficou bem torta, ou então é uma torta bem gordinha!

De seguida cobre-se com a 2ª rodela de massa folhada, unindo as extremidades.

Fazem-se uns golpes na parte superior do rolo, pincela-se com ovo batido e leva-se ao forno pré-aquecido (180º) durante 20 minutos.

Acompanhei com salada e pá de porco fumada, que também se pode colocar dentro do rolo - era o que eu tencionava fazer, mas esqueci-me... :) quando já tinha o folhado todo fechadinho, olho para o lado e vejo a chicha numa tijela a olhar para mim...



Receita inspirada no livro "ARROZ", da colecção Minilivros da Impala.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Ano de eleições

Este ano há eleições! Não umas, não duas, mas três! O que é que isso significa? Por um lado, que se vai gastar muito dinheiro mal gasto em campanhas, e por aí fora; por outro, que vai haver MUITAS obras!!

Aqui em Alverca já são bem visíveis:


Construção de novos canteiros...






Coitadinhas, ainda estão um bocado raquíticas, mas daqui até às eleições ainda hão-se crescer...





Diga-se em defesa da verdade que Alverca é uma cidade com bastantes espaços verdes, felizmente! É uma das grandes vantagens desta cidade. Há bastante equilíbrio entre a construção e as zonas verdes. Mas nestas épocas eleitorais, convém incrementar...



Esta árvorezinha (ou arbusto) cujo nome desconheço já é de outras primaveras.



Mas este mês já houve inaugurações:





Estas rosas e muitas outras que podemos ver espalhadas pela cidade também já não são de agora.

E estas estão mesmo junto à minha porta:


E pronto, pelo menos que um ano com 3 actos eleitorais traga alguma coisa de proveitoso, já que vamos ter que gramar com campanha eleitoral, insultos, bate-boca e por aí fora durante praticamente todo o ano! Haja paciência!

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Mousse de Morangos



Tardou, mas não falhou!


Esta ERA a mousse que era suposto ter sido apresentada por mim no dia Vermelho da Mary!

Como expliquei na altura, tive problemas em passar as fotos para o computador, etc.

Mas eis que, finalmente, aqui está ela. Neste momento já é apenas uma boa recordação, uma vez que dela só sobraram as taças... Posso garantir que estava óptima, disso não há dúvidas.

A receita foi inspirada no blog 100% açúcar. Uma verdadeira delícia.


Ingredientes:

3 folhas de gelatina

350 gr de morangos

sumo de meio limão

1 lata de leite condensado

um pacote de natas (2dl)



Mergulham-se as folhas de gelatina em água fria.

Lavam-se os morangos. Se pretender, reserve alguns para a decoração.

Retiram-se os pés e reduzem-se os morangos a puré, com a ajuda da varinha mágica.

Junta-se o sumo de limão e as folhas de gelatina escorridas. Tal como a Fátima do 100% açúcar aconselha, decidi derreter as folhas de gelatina no micro-ondas, para evitar aqueles pedaços que às vezes solidificam e não são lá muito agradáveis de encontrar na sobremesa...



Depois de tudo bem mexido, mistura-se o leite condensado.

Batem-se as natas, e juntam-se ao preparado anterior.

Decora-se com os morangos que se tinham reservado. Eu usei também um pouco de calda de morango, gosto deste visual pintalgado!


Vai ao frigorífico por algumas horas.

Et voilà!

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Dia Vermelho - Tarte de Morango





Tarte de Morango


A semana passada fiz esta tarte, e coloquei um "pedacinho" no post que publiquei antes da Páscoa.

Como algumas de vocês adivinharam, na altura já pensava em a apresentar no desafio da Mary, para o dia Vermelho.

Entretanto, como ontem fiz uma Mousse de Morango que ficou muito boa, decidi que era essa que ia aparecer por aqui hoje.

Acontece que, como eu ando numa de não me dar muito bem com as máquinas, e por problemas logísticos, não me foi possível publicar hoje a mousse.

Mas como não queria deixar de participar, acabei por resolver voltar à tarte, que também ficou muito boa, embora as fotos não tenham ficado grande coisa... sorry, Mary!

Como se costuma dizer que o mais importante é participar, cá fica então a minha participação.





A massa não tem nada que saber: é massa folhada de compra!

Quanto ao recheio, ou cobertura, fiz assim:

Bati no liquidificador um pacote de natas, uma lata de leite condensado, meio pacote de bolacha Maria triturada e 200 gr de morangos.

Foi ao forno, cresceu, cresceu, cresceu, e depois baixou...

Decorei com rodelas de morangos, como se pode ver.




É pena as fotos estarem um bocado manhosas, como diria a amiga Ameixa, mas por agora foi o que se pôde arranjar. Para a próxima será melhor.





Quero aproveitar para dar os parabéns a todos os participantes. Fui dar uma espreitadela, e as comidinhas (e bebidas) estão muitíssimo apetitosas! nham, nham!


segunda-feira, 13 de abril de 2009

Alentejo



O fim-de-semana da Páscoa foi passado no Alentejo.

(Estou irritadíssima, porque não consegui pôr as fotos na ordem que queria. Acabo de me render à malvada máquina. Ficam na ordem que ela quer e pronto! GRRRRRRRRR!!!)

Aqui estou eu com o compadre alentejano em Vila Alva (Vil'Alva):

Vista em redor da aldeia do meu pai (Vila Ruiva):






Felizmente, a ribeira vai cheia. Em Agosto, andámos a pé em sítios que agora estão submersos.


Ponte romana perto da aldeia.



Igreja na vizinha aldeia de Vila Alva.


Igreja Matriz de Viana do Alentejo



Torre, no mesmo monumento. A Igreja está dentro das muralhas.



Como não podia deixar de ser, a comilança:


A maravilhosa Sopa da Panela.



Como podem ver, esta "sopa", que não sei bem por que se chama assim, não tem nada a ver com as sopas a que estamos habituados. Só sei que, no Alentejo, chamam "sopas" às fatias do pão (aquele pão maravilhoso) ensopadas no caldo.
Este prato é muito fácil de fazer, e muitíssimo saboroso. Cozem-se as carnes (normalmente frango ou galinha, entremeada e os chouriços) junto com uma cebola e salsa. Numa tijela grande cortam-se as fatias do pão, coloca-se por cima uns raminhos de hortelã, e depois das carninhas estarem cozidas, verte-se o caldo da cozedura sobre o pão.
É uma maravilha!




quinta-feira, 9 de abril de 2009

segunda-feira, 6 de abril de 2009

Des(informação)



Hoje de manhã, cerca das 7h15m, soube que tinha ocorrido em Itália um sismo bastante forte.

Como alguns de vocês sabem, a minha irmã está em Itália, como tal obviamente fiquei preocupada. Falei com ela, que me disse que em Roma estava tudo bem, apesar de se ter sentido o abalo. Acontece que, como boa irmã galinha, receei que ela estivesse a suavizar a situação, e decidi tentar saber mais detalhes sobre o que na verdade se estava a passar.

Liguei a televisão um pouco depois das 7h30, e durante uns 15m percorri os canais portugueses de notícias (que neste momento até já são em número considerável). O que foi que eu vi nesses canais?


Futebol

Futebol

Futebol

Futebol

Automobilismo

+ Futebol

ainda + Futebol

Incêndio no Hospital S. Francisco Xavier (finalmente uma notícia importante!)

Futebol

Obama na Turquia

Futebol!!


O que é isto, meus senhores? Isto é informação?

Eu posso parecer suspeita, uma vez que tinha interesse pessoal em ter mais dados sobre a notícia, mas, por amor de Deus, que tipo de informação é esta??

Acontece um sismo aqui na Europa, tão perto de nós (e mesmo que fosse longe...), penso que por volta das 3h locais, infelizmente com dezenas de mortos e todas as situações trágicas ligadas a estes acontecimentos, e as nossas televisões só mostram futebol!! Repetição e mais repetição do que já deu ontem não sei quantas vezes! Foi penalti, não foi, deixou de ser, etc, aquela conversa nojenta do costume. Eu acho isto, no mínimo, vergonhoso!

Enfim, onde é que eu finalmente consegui saber notícias do sismo? Na CNN!!!!! Acham isto normal? Eu nem sei o que diga... ou melhor, se eu fosse dizer o que me apetece mesmo, tinha que pôr bolinha vermelha!
Finalmente, às 9h, a TVI acordou e então, no seu melhor estilo, foi logo a arrasar: fizeram logo um historial dos sismos que houve nas últimas décadas em Itália, mortos e feridos até dizer chega, uma desgraça pegada! Deve ter sido para compensar não terem dito nada antes... enfim, nem há palavras!

Concluindo: parece que em Roma, felizmente, não houve nenhuns danos, apesar de se ter sentido bastante. Ou seja, a minha manita não me estava a enganar...

mas de qualquer modo fiquei muito zangada logo de manhã, com esta "comunicação(zinha) social". Eu trabalhei 4 anos num jornal, estudei jornalismo no CENJOR, e tudo isto me parece lixo disfarçado de jornalismo!

Desculpem lá, mas hoje estou mesmo azeda! Tenho que ir comer umas amêndoas, para ver se isto passa!

quinta-feira, 2 de abril de 2009

A culpa é da Cenourita...

... por eu ter engordado mais 350 gramas!!! (eheh brincadeira...)

Pois é, é realmente um doce e chama-se Perfeito de Framboesa.

Quanto ao "concurso", quem acertou na fruta foi a Noémia!

A Nana, a Neyma e a Raquel também andaram perto: amora, calda de frutas vermelhas, recheio de frutos silvestres...

A Ameixa ganhou o prémio de originalidade: "dentadura ensanguentada", credo!

Cláudia, é mesmo um doce! Ufa!, que alívio...

(não posso negar que tem um certo ar sanguinário.....) Mas eu adoro esta cor!



Pois é, a receita deste docinho foi tirada (com permissão!) da Tasca da Amiga Cenourita.



Chama-se Perfeito de Framboesa e com razão, eu diria mesmo mais-que-perfeito, tal como eu previa quando lhe "pus o olho" pela 1ª vez lá na Tasca.


Os ingredientes que usei foram:

2 pacotes de natas;

1 lata de leite condensado;

6 folhas de gelatina;

5 colheres de sopa de açúcar;

250gr de framboesas.



Segui a receita da Cenourita, por isso quem estiver interessado pode (e deve...) ir lá dar uma espreitadela. Acreditem que vale a pena.

Só tive que fazer uma alteração, porque o líquido que se formou durante a descongelação das minhas framboesas era muito pouco, não era suficiente para misturar as duas folhas de gelatina.

Nesta foto (e na do post da adivinha) só "apanhei" uma parte de recheio de framboesa e um pedaço da cobertura, para baralhar as concorrentes...



Esta é a vista lateral. Bonito, não é?
Aqui já podem ver-se as 3 camadas:


Como a Cenourita disse que se esqueceu de reservar umas framboesas para a decoração, eu resolvi aproveitar a lembrança, e reservei estas:



... só que reguei-as com um pouco de leite condensado (aquele bocadinho que ficou agarrado à lata) e ficaram um bocadinho molengonas, tadinhas. Mas boas na mesma, é o que vale.

Nota: Excelente!!

Obrigada pela dica, Cenourita!

quarta-feira, 1 de abril de 2009