quarta-feira, 27 de maio de 2009

Neurónios

A amiga Ameixa brindou-me com este selinho. Tenho que dizer desde já que ultimamente não tenho postado selos porque andam por aí a circular alguns de proveniência, digamos, duvidosa...

Em relação a este (não por duvidar da Ameixa, claro, Deus me livre :)) - mas convém a gente ter cuidado... não sabemos quem os põe a circular, não é?) , eu fui "inspeccionar" o endereço que aparece no selo, e apesar de ter feito apenas uma visita rápida, pareceu-me de confiança. É de uma miúda de 17 anos, mas que parece ter de facto os neurónios a funcionar :)



Obrigada, Ameixa
- em 1º lugar por me incluires no grupo dos jovens! Realmente é assim que me sinto, apesar da minha provecta idade...
- em 2º lugar por reconheceres a minha capacidade pensante! :)
mas devo dizer-te que neste momento os meus neurónios só funcionam com a ajuda disto:

Entretanto, aproveito para mostrar a maneira divertida como eu e a Carolina andámos a brincar às comidinhas. Brincar é como quem diz, pq ficou tudo comestível!
E por acaso há por aí alguém que reconheça algumas das forminhas?









10 comentários:

ameixa seca disse...

De nada, ao menos os teus conseguem ser estimulados com ajuda. Os meus nem com ajuda lá vão :)
Formas? Parecem-me galos e cogumelos he he

Cláudia M. disse...

Ó Maria Ameixa, então não viste que os corações grandes foram feitos com a forma que tu ofereceste à Carolina? Ai que esses neurónios tb não andam lá grande coisa...

Tou a brincar! Tu tens uns belos neurónios, sim senhora!

Beijinhos.

ameixa seca disse...

Pensei que estavas a falar dos pequeninos. Os grandes estão disfarçados pelos morangos pahhh :) E a forma não era para esse fim he he

Mary disse...

Cláudia, os meus miolos já lá não vão com Ginseng, acerola, nem guaraná!
Mas essa do "Espinheiro-marítimo" ainda não experimentei...hehehe
Talvez essas fofuras de morangos resultem! :)

Cláudia M. disse...

Ameixa, como vês, a tal forminha é mto versátil. Por acaso crepes ainda não experimentei, mas há-se chegar o dia.

Mary, temos que tentar tudo! Se o espinheiro-marítimo não resultar ingerido, vou tentar fazer uma espécie de acupunctura com os espinhos, pode ser que resulte...

Isabel disse...

Claro que és uma jovem pensante, e bem pensante! Olha eu também estou a precisar de um estimulante cerebral, que os meus neurónios estão a ficar mesmo cansados.
Quanto à vossa brincadeira, vejo corações da Ameixinha e miniaturas de maçãs, de borboletas e de outras cousitas mas...
Bjs

Cláudia M. disse...

Pois, a malta dá muito uso aos neurónios, depois eles de vez em qdo precisam de uma ajudinha...

OLha, os corações são da Ameixinha e os outros (galos, maçãs, borboletas, cogumelos, pintainhos, etc.) são da Tia Bela :) - prenda de Natal que só agora foi estreada! Mas as bolachinhas ficaram mto boas!!

Noémia disse...

Olha, essa dos estimulantes para os neurónios ainda não experimentei!
Os meus nesta altura do campeonato já andam meio derretidos e não é do calor, que esse só agora começou, é mesmo a pedirem férias!

Cláudia M. disse...

A pedirem férias, D. Noémia? Mas a menina ainda agora voltou dos States... não estou a perceber!

Tás mas é com saudades daqueles pequenos almoços light :)

RUTE disse...

Olá Claudia,

Antes demais obrigada por me confirmares que as sementes da papaya são comestiveis. Sendo uma pediatra a dizer é uma fonte mais do que fidedigna.

Depois, adorei essa brincadeira em familia com os cortantes. Cá em casa também nos divertimos muito as duas, mãe e filha, na cozinha. A minha também se chama Carolina ;-)

Espero que estejas preparada para o dia Rosa. Eu vou esforçar-me para estar online à meia-noite de hoje, espero ver a tua receita por cá também a essa hora. Embora como vou a um jantar de aniversário pode acontecer a receita publicar sozinha sem ninguém nos bastidores.

Beijoka muito grande e continua a tratar bem dos neurónios, eles bem precisam de ajuda de vez em quando. Eu que o diga!!!