sexta-feira, 4 de março de 2011

De amor e outros demónios...

Ufa, que semana! Quando parecia que as coisas estavam a começar a acalmar, eis que surge uma nova avalanche!
Bom, mas hoje é 6ª feira, e apesar de ainda ir ter trabalho até ao último minuto deste longo dia, aproveitei agora uma "folgazinha" para vir aqui contar uma história. Que por acaso até tem mesmo a ver com História.
Um dia destes, estive a ajudar a minha filha Carolina a preparar-se para uma ficha de avaliação de História de Portugal, ou melhor, estive também a estudar, porque acabei por recordar muita coisa que já estava bem guardada lá no fundo de uma das gavetas - às vezes tão mal-arrumadas - da minha memória.
Estávamos a falar de D. João I, o Mestre de Avis, que deu início à dinastia com este mesmo nome. E estávamos a falar do seu casamento com D. Filipa de Lencastre (a inglesa Philippa of Lancaster). Dizia-lhe eu que, naquela altura, era habitual alguns casamentos serem assim uma espécie de negócio, ou aliança política, como foi o caso deste, já que nos convinha o apoio de Inglaterra.
Então aquela cabecinha pensadora pensou, e disse: -Ó mãe, mas eles amavam-se! Tiveram seis filhos!

Eu engoli em seco. Pois amavam, respondi-lhe.
Mas, para dizer a verdade, o que me veio à cabeça foi a canção que deixo aqui. O meu coração está petrificado, já não acredito no amor. :)))

Se calhar amavam-se, espero que sim. Não posso contagiar uma alminha romântica com o meu cepticismo. :)


7 comentários:

Blog da Rutha disse...

hehehe...Adorei a resposta da Carolina ! Ela é muito inteligente ! Deixe-a aproveitar essa fase de inocência e romantismo que é deliciosa e infelizmente passa muito rápido.
Ótimo fim de semana pra vocês !
Beijos
Laís

Cenourit@ disse...

Como eu te compreendo e entendo o coração de uma criança, a Big Carolina :)

Beijocas às duas***

WS Compras disse...

Olá,
participe do sorteio lá no meu blog:
http://wscompras.blogspot.com/2011/02/promocao-100-seguidores.html
:)
bom findi!!!

RUTE disse...

Ah ah ah,
este foi um excelente momento de bom humor :)
Percebo-te!
Quando a tua filha perguntou... mas eles amavam-se? Tiveram filhos...
Dá mesmo vontade de responder:
E o que é que o amor tem a ver com isso, Tina Turner?
Com isso e com uma data de outras coisas!
É como quando me dizem: Antigamente o amor durava mais, não havia tantos divorcios.
Dá vontade de responder:
Tivessem as mulheres dessa altura mais independência economica, a ver se os casamentos duravam assim tanto!
Beijinhos minha amiga filosofa :)
Rute

Isabel disse...

Deixa-a sonhar, enquanto pode!!!

ameixa seca disse...

Obviamente que se amavam, ao menos amavam-se naquelas alturas de procriação. Alguma coisinha havia de existir ali pelo meio he he A Carolina é uma miúda à maneira e espero que assim continue ;)

M. disse...

Pois, se calhar a tua menina tem mesmo razão ;)
Não te lembras da lenda das amendoeiras em flor? Adoro essa lenda!
Bjsss e bom feriado!
Madalena